O amadurecimento de Jacó

Depois disse Deus a Jacó: Levanta-te, sobe a Betel, e habita ali; e faze ali um altar ao Deus que te apareceu, quando fugiste da face de Esaú teu irmão.
Então disse Jacó à sua família, e a todos os que com ele estavam: Tirai os deuses estranhos, que há no meio de vós, e purificai-vos, e mudai as vossas vestes.
E levantemo-nos, e subamos a Betel; e ali farei um altar ao Deus que me respondeu no dia da minha angústia, e que foi comigo no caminho que tenho andado.
Então deram a Jacó todos os deuses estranhos, que tinham em suas mãos, e as arrecadas que estavam em suas orelhas; e Jacó os escondeu debaixo do carvalho que está junto a Siquém.
Gênesis 35:1-4

E edificou ali um altar, e chamou aquele lugar El-Betel; porquanto Deus ali se lhe tinha manifestado, quando fugia da face de seu irmão. Gênesis 35:7

Esse pequeno trecho da Palavra resume, de uma forma muito profunda, o amadurecimento de Jacó como um servo do Senhor. A quase imperceptível mudança do nome do lugar, antes chamado Betel, é resultado de uma transformação profunda na vida de Jacó, fruto de um amadurecimento que veio após uma longa jornada de lutas dirigidas pelo Senhor. Deus, de fato, trabalhou na vida de seu servo para nele gerar uma adoração em espírito e em verdade.

Betel, que significa “Casa de Deus”, foi primeiramente mencionada na trajetória de Abraão (Gn 12:8), avô de Jacó. Abraão foi um homem que viveu pela fé. Foi chamado de um lugar e de um povo idólatra (Js 24:2) para viver em obediência ao único Deus e assim o adorar.

Todavia, antes de Jacó chegar lá pela primeira vez, o nome do lugar era luz.

E chamou o nome daquele lugar Betel; o nome porém daquela cidade antes era Luz. Gênesis 28:19

O nome Betel surge da experiência que Jacó teve naquele lugar. Ao tomar uma pedra dali como travesseiro, dormiu e sonhou que uma escada estava ali posta, cujo topo chegava ao céu, e os anjos de Deus subiam e desciam por ela. E o Senhor lhe apareceu ali, em cima daquela escada, onde lhe fez grandiosas promessas. A exclamação de Jacó ao acordar foi: “Na verdade o Senhor está neste lugar, e eu não o sabia”. Por isso chamou aquele lugar de Betel, Casa de Deus. Jacó pegou aquela pedra que tinha feito de travesseiro e a colocou como coluna ali, como um pequeno altar, embora assim não o tivesse chamado.

Depois disso, Jacó passou por muitas experiências. Sofreu, lutou e conquistou. Mais do que isso, Jacó, nessa luta com os homens e com Deus (Gn 32:28), foi profundamente mudado pelo Senhor, que o tocou de uma forma diferente e o abençoou. Jacó era um homem diferente. Seu andar denunciava isso (Gn 32:31). Agora, depois de passar por tudo isso, ele recebe uma nova orientação do Senhor: Levantar, subir a Betel, habitar ali, e edificar ali um altar AO DEUS que lhe apareceu.

A Bíblia diz que Jacó chamou aquele lugar agora de El-Betel. A mudança é sutil, mas de grande significância. Enquanto Betel significa “Casa de Deus”, El-Betel seria algo como “Deus da Casa de Deus”. Jacó encontrou em Betel um refúgio, uma bênção do Senhor, mas ele agora, mais amadurecido, entende que sua adoração não é à bênção, mas ao Deus abençoador, ao Deus da Casa de Deus.

Betel era de Deus. Foi um lugar providenciado por Deus para que Jacó escapasse da morte (quando seu irmão queria matá-lo). Jacó amava aquele lugar especial, mas de maneira nenhuma poderia colocá-lo no lugar do Deus que providenciou aquele lugar. Betel era de Deus, mas não era Deus e, de maneira nenhuma, poderia se tornar um deus para Jacó e sua família.

Na nossa vida precisamos sempre fiscalizar o nosso coração para não colocarmos as bênçãos de Deus (sejam elas coisas ou pessoas que Deus generosamente coloca em nossa vida) no lugar do próprio Deus. O Deus que ordenou que Jacó subisse a Betel e ali habitasse também expressamente lhe ordenou que fizesse um altar ao Deus que lhe apareceu.

Betel foi um lugar realmente importante para Israel (aqui abrangidos tanto Jacó como o povo que recebeu o nome que Jacó recebeu do Deus a quem edificou o altar). Foi um lugar de consulta ao Senhor, onde a Arca da Aliança esteve (Jz 20:26). Não obstante, também foi sede de idolatrias que custaram muito caro ao povo do Senhor. Lá foi construído um dos bezerros de ouro por Jeroboão (rei de Israel no período do reino dividido), para politicamente disputar a atenção do povo que adorava em Jerusalém (sede do reino de Judá). Jeroboão, na ocasião, usa a mesma expressão que Arão, quando fez o bezerro de ouro em Êxodo 32:2-4:

Assim o rei tomou conselho, e fez dois bezerros de ouro; e lhes disse: Muito trabalho vos será o subir a Jerusalém; vês aqui teus deuses, ó Israel, que te fizeram subir da terra do Egito. E pôs um em Betel, e colocou o outro em Dã. 1 Reis 12:28,29

O primeiro bezerro de ouro, uma terrível idolatria feita pelo povo de Deus, foi feito com os pendentes de ouro que estavam na orelha dos filhos de Israel:

E Arão lhes disse: Arrancai os pendentes de ouro, que estão nas orelhas de vossas mulheres, e de vossos filhos, e de vossas filhas, e trazei-mos. Então todo o povo arrancou os pendentes de ouro, que estavam nas suas orelhas, e os trouxeram a Arão. E ele os tomou das suas mãos, e trabalhou o ouro com um buril, e fez dele um bezerro de fundição. Então disseram: Este é teu deus, ó Israel, que te tirou da terra do Egito. Êxodo 32:2-4

Jacó, no entanto, antes de subir a Betel como o Senhor havia ordenado, nessa passagem que meditamos, mandou que fossem tirados os deuses estranhos e as arrecadas que estavam nas orelhas de sua família e dos que com ele estavam:

Então disse Jacó à sua família, e a todos os que com ele estavam: Tirai os deuses estranhos, que há no meio de vós, e purificai-vos, e mudai as vossas vestes.
E levantemo-nos, e subamos a Betel; e ali farei um altar ao Deus que me respondeu no dia da minha angústia, e que foi comigo no caminho que tenho andado.
Então deram a Jacó todos os deuses estranhos, que tinham em suas mãos, e as arrecadas que estavam em suas orelhas; e Jacó os escondeu debaixo do carvalho que está junto a Siquém.
Gênesis 35:2-4

Jacó não levou nada de idolatria a Betel, nem mesmo nada que pudesse posteriormente se transformar em idolatria (arrecadas/pendentes que estavam nas orelhas).

Tristemente, após Jeroboão muitos anos depois ali instaurar um culto idólatra a um bezerro de ouro, os próprios profetas do Senhor foram perseguidos naquele lugar por causa da idolatria:

Então Amazias, o sacerdote de Betel, mandou dizer a Jeroboão, rei de Israel: Amós tem conspirado contra ti, no meio da casa de Israel; a terra não poderá sofrer todas as suas palavras. Porque assim diz Amós: Jeroboão morrerá à espada, e Israel certamente será levado para fora da sua terra em cativeiro. Depois Amazias disse a Amós: Vai-te, ó vidente, e foge para a terra de Judá, e ali come o pão, e ali profetiza;
Mas em Betel daqui por diante não profetizes mais, porque é o santuário do rei e casa real.
Amós 7:10-13

Por isso mesmo, a atitude de Jacó quanto a Betel deve ser também a nossa, para não incorrermos nos mesmos erros dos filhos de Israel.

Há um só Deus e um só Senhor: Jesus Cristo (1 Co 8:6). Nada mais e nenhum outro, ainda que nos sejam dados como bênção por Ele, deve ocupar o lugar que só pertence ao nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. Afinal, Ele é a Escada vista por Jacó no princípio (Gn 28:12 e Jo 1:51).

Assim, habitemos a maravilhosa Betel, como o Senhor mandou, tomemos posse das bênçãos que o Senhor nos preparou, mas edifiquemos um altar somente ao El-Betel – o Deus da Casa de Deus, o nosso Senhor Jesus Cristo.

E qual é aquele que vos fará mal, se fordes seguidores do bem? Mas também, se padecerdes por amor da justiça, sois bemaventurados. E não temais com medo deles, nem vos turbeis; Antes, santificai ao Senhor Deus em vossos corações; e estai sempre preparados para responder com mansidão e temor a qualquer que vos pedir a razão da esperança que há em vós, 1 Pedro 3:13-15

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s